às 13:46:00

FCMPB promove dia de conscientização do Maio Amarelo

A campanha de conscientização do Maio Amarelo na FCMPB aconteceu na quinta- feira, 12 de maio. O evento contou com a participação da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana- SEMOB do município de João Pessoa, que trouxe materiais didáticos e informativos para colaboradores e alunos da IES.

 
Aprendizagem Contínua

O coordenador do curso de Medicina, Leonardo Cabral, comentou sobre a importância dessa temática para a comunidade acadêmica. “ É de extrema importância e muito bem vindo esse momento junto com a Semob nessa Campanha Mundial do Maio Amarelo para a redução dos acidentes de trânsito, então trazer isso para dentro da Faculdade é muito válido, os alunos aqui são forjados a tratarem as doenças e reduzirem mortes, então é muito interessante discutirmos sobre os acidentes de trânsito que são causadores de grande parte das mortes hoje em dia, ou seja conscientizar  cada vez mais nossos alunos”. Afirmou.

 

Ação Book Afyados

A proposta dessa ação dentro da IES surgiu a partir de um indicador da Faculdade, denominado como Gestão e Adesão as Iniciativas do Voluntariado. A colaboradora Deyse Ponciano faz parte dessa equipe do indicador e explicou como surgiu a ideia da atividade junto a Semob. “A gente procurou trazer uma atividade voltada justamente para conscientizar não só os alunos como também a comunidade em geral. Convidamos a Semob que é um órgão especializado sobre o assunto para alertar sobre a importância desse mês, lembrando que isso faz parte de uma ação do voluntariado, que é um indicador do Afyados, mas que pode ser utilizado como um todo, porque é um movimento muito importante e durante todo o mês vamos ter ações voltadas justamente para esse assunto”. Comentou.

 
Campanha

O agente de trânsito Richardson da Silva, destacou sobre o intuito da campanha.“ Nosso objetivo principal é a redução de acidentes de trânsito, pois esse não é um problema apenas aqui no Brasil, inclusive antes da pandemia a gente tinha cerca de 50 mil mortes por ano e aderimos ao Maio Amarelo em todo o Brasil, trabalhamos todo o ano porém intensificamos a campanha durante esse período”. Concluiu


Fonte: