COPEx

Como ingressar?

Para ingressar nos Projetos de Pesquisa e Extensão o discente deve submeter-se ao processo seletivo, que acontece anualmente, observando o quadro de vagas disponíveis. Veja abaixo os projetos em andamento:

MUITO ALÉM DO AUTISMO

Busca desenvolver ações de prevenção, promoção à saúde e integração social junto às famílias com crianças e adolescentes autistas por meio da participação dos estudantes e docentes da Faculdade Ciências Médicas da Paraíba e do Instituto Revertendo o Autismo, promovendo uma conscientização e ampla divulgação sobre o tema, além de fortalecer a formação acadêmica para atuar neste contexto.

DOAR SANGUE

Propiciar, por meio dos alunos de Medicina da Faculdade Ciências Médicas da Paraíba, junto ao Hemocentro da Paraíba, ao público de João Pessoa a conscientização da importância da doação de sangue, bem como estimular a sua doação, tendo em vista que não é apenas um ato de solidariedade, mas, sobretudo, um ato de responsabilidade.

EDUCAÇÃO EM SAÚDE: UM ENFOQUE NA PROFILAXIA DAS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS

Realizar ações educativas sobre as DIPs com abordagem lúdica, nas escolas públicas do município de Cabedelo e de João Pessoa-PB, bem como, em eventos da Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba, instrumentalizando os conhecimentos de parasitologia e microbiologia obtidos pelos estudantes da Instituição.

PEEDI – PROJETO DE ENVELHECIMENTO & DIREITOS HUMANOS: POR UMA ATENÇÃO GERONTOLÓGICA E GERIÁTRICA CENTRADA NA PESSOA

O PEEDI surgiu com a preocupação de oferecer aos idosos que residem em instituições de longa permanência (ILPI) um olhar mais amoroso e personificado nesta fase da vida, tendo como objetivo investigar a multidimensional à Saúde da Pessoa Idosa no ambiente das ILPIs.

ABORDAGENS MÉDICAS NA PREVENÇÃO E PROMOÇÃO A SAÚDE DA MULHER

O projeto possui como uma de suas premissas o enfoque na saúde através da educação em saúde, tendo o objetivo de propiciar que o ambiente da “sala de espera” de um ambulatório de Ginecologia seja um ambiente transformador. Para tanto, é necessário aprofundar o entendimento acerca da mulher e seus conceitos sociais, políticos e biológicos e também sobre o que se passa em cada momento peculiar de sua vida, colaborando de forma a levar informações, responder dúvidas e transmitir autoconfiança.

PROMOÇÃO DA SAÚDE NO TRABALHO: ESPAÇO CONSTRUÍDO PARA QUALIDADE DE VIDA

Realizar atividades de extensão e pesquisas no âmbito da saúde do trabalhador, buscando construir novos conhecimentos acerca da temática em questão bem como contribuir com a promoção da saúde do trabalhador no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

SAÚDE NA COMUNIDADE 

Desenvolver experiências de Educação Popular e Saúde Mental Comunitária voltadas à Promoção da Saúde no âmbito comunitário, fomentando habilidades individuais e coletivas em práticas de saúde e fortalecimento da autonomia dos moradores da comunidade Manguinhos no município de Cabedelo-PB.

PROJETO DE APOIO HUMANIZADO E NUTRICIONAL AO PORTADOR DE CÂNCER (PROAHC)

Tem por objetivo promover assistência humanizada e nutricional à saúde da pessoa portadora de câncer na interdisciplinaridade de ações, aperfeiçoando a interação na relação ensino-aprendizagem dos acadêmicos. O público alvo é formado por portadores de câncer, em vulnerabilidade social, de ambos os gêneros, cadastrado na Associação de apoio ao portador de câncer Vida Nova (AVN).

DESCOBRINDO ANATOMIA: UMA REALIDADE DE EDUCAÇÃO POPULAR

Busca realizar o desenvolvimento de atividades de pesquisa e extensão dentro do contexto popular, correlacionando problemas clínicos mais recorrentes no contexto social, como as consequências da obesidade, do sedentarismo e do tabagismo, com as estruturas anatômicas acometidas. Tem como público-alvo o corpo discente do ensino médio, provenientes de escolas da rede pública do município de Cabedelo - PB.

CUIDADOS PALIATIVOS

Objetiva promover o cuidado integral na perspectiva dos cuidados paliativos aos idosos institucionalizados, utilizando recursos interdisciplinares. Atuação nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (Vila Vicentina e ASPAN).

ALERGIA A PROTEÍNA DO LEITE (APLV) E AS PRINCIPAIS INFORMAÇÕES PARA O CUIDADO COM AS CRIANÇAS

Multiplicar informações de confiabilidade e atualizadas sobre APLV às famílias  em  uma Escola Municipal de Ensino Fundamental, auxiliando no entendimento da doença e tratamento

A PRÁTICA DA AUTOMEDICAÇÃO NA BUSCA POR UMA VAGA NAS UNIVERSIDADES

O projeto objetiva identificar e caracterizar a prática da automedicação de estudantes secundaristas que mediante tão amplo campo de cobranças, fazem uso de medicamentos com o intuito de melhorar seu rendimento e alcançar a tão sonhada vaga na universidade. E, assim, conscientizar os alunos secundaristas de cursinhos pré-vestibular localizados na cidade de João Pessoa quanto ao risco da automedicação.

 CARACTERIZAÇÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL EM UMA INSTITUIÇÃO FILANTRÓPICA DE JOÃO PESSOA: CONHECER PARA CUIDAR

Tem como objetivo principal caracterizar as pessoas com deficiência intelectual usuárias do serviço de uma Instituição Filantrópica de João Pessoa, sendo caracterizada como um estudo de campo, exploratório e descritivo, de caráter investigativo tendo como cenário da pesquisa a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de João Pessoa (APAE/JP), Paraíba, entidade de referência no apoio às pessoas com deficiência intelectual e/ou múltipla.

FUNÇÃO TIREOIDIANA, STATUS NUTRICIONAL DE IODO E BIOMARCADORES HORMONAIS E IMUNOLÓGICOS COMO FATORES PROGNÓSTICOS EM PACIENTES COM INFECÇÃO PELO SARS-COV-2 INTERNADOS NA REDE REFERENCIADA DE HOSPITAIS DO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA

Objetiva-se primariamente avaliar a correlação entre biomarcadores hormonais e imunológicos e comorbidades com o status nutricional de iodo, níveis de leptina e função tireoidiana, em pacientes portadores do COVID-19 admitidos nas unidades de enfermarias, Semi-UTI e UTI e mortalidade.

ANÁLISE DA INTERDISCIPLINARIDADE NOS CUIDADOS PALIATIVOS NA PERSPECTIVA DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NA SAÚDE DO IDOSO

Analisar a percepção de profissionais de saúde que atuam na saúde do idoso quanto à interdisciplinaridade nos cuidados paliativos.

MULTIDIMENSIONALIDADE DO CUIDADO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA

Investigar a atenção multidimensional à Saúde da Pessoa Idosa no âmbito da Atenção básica, contexto hospitalar e em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs).

ATUAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE FRENTE À VIOLÊNCIA PERPETRADA PELA SOCIEDADE

Apresenta-se como objeto de estudo a violência contra mulher, criança, idosos e população de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros (travestis ou transexuais) (LGBT), o conhecimento e reconhecimento dos casos de violência e o papel dos profissionais de saúde frente a essas situações na atuação nos serviços de saúde. 

SEGURANÇA ALIMENTAR, PRÁTICAS ALIMENTARES E DE ATIVIDADE FÍSICA DURANTE A PANDEMIA COVID-19 E PERFIL NUTRICIONAL DE PRÉ-ESCOLARES E ESCOLARES DO MUNICÍPIO DE CABEDELO-PB NO RETORNO ESCOLAR

Investigar a relação entre a segurança alimentar e nutricional, práticas alimentares e de atividade física de escolares e pré-escolares do município de Cabedelo-PB durante a pandemia Covid-19 e impacto no estado nutricional no período do retorno escolar.

PAPEL DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE DE JOÃO PESSOA NO ENFRENTAMENTO DA COVID-19

Avaliar as ações desenvolvidas pelos município de João Pessoa no enfrentamento da COVID-19, analisando fatores associados ao desenvolvimento da COVID-19 em seus residentes.

PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES EM SAÚDE (PICS) NO CUIDADO À SAÚDE MENTAL: PRODUÇÃO CIENTÍFICA, POSSIBILIDADES E APLICAÇÕES

Avaliar as contribuições das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) na qualidade de vida e saúde mental.

O PAPEL DO OSCE ENQUANTO FERRAMENTA FORMATIVA DURANTE O INTERNATO

Ampliar a oferta de situações clínicas simuladas no formato OSCE para os estudantes do nono ao décimo-primeiro períodos da graduação em Medicina, potencializados pela participação dos residentes em Medicina de Família e Comunidade da Ciências Médicas/AFYA.

MUITO ALÉM DO AUTISMO: GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISAS

Analisar a integralidade no cuidado e o contexto biopsicossocial das famílias de crianças e adolescentes com autismo, identificando o conhecimento e percepção dos estudantes e profissionais de saúde sobre o tema do autismo na atualidade .